19 de maio de 2011

Jesus, o Redentor

Muitos, quando falam de redenção, pensam antes de tudo na libertação de suas culpas. Para esses, Jesus é, acima de tudo, aquele que os liberta de seus pecados. Mas a redenção de que a Bíblia nos fala vai mais longe. Jesus nos redime enchendo de vida divina nossa condição transitória e mortal. Ele nos redime tirando-nos de nossa falta de sentido. Entre os muitos modelos de redenção que encontramos na Bíblia.

Em Mateus, Jesus é antes de TUDO o redentor de nossa culpa (Mt 26.28). O sangue de Jesus é imagem do seu amor. Jesus mantém seu amor por nós até a morte. Ao comportamento culposo dos que o levam à cruz, Jesus não reage com amargura. Não deixa que a maldade dos homens anule seu amor. Na cruz ele perdoa até mesmo seus assassinos. A cruz não realiza o perdão de nossa culpa, mas representa-o de uma forma visível. Ela nos transmite o amor e o perdão de Deus.

Um olhar para Jesus, que na cruz perdoa até mesmo seus assassinos, nos ajuda a abandonar o mecanismo de culpa e desculpa e acreditar no perdão. Em Jesus resplandece a imagem do homem verdadeiro e justo. Para Lucas, a redenção consiste em Jesus enviar seu Espírito a fim de podermos atuar no mundo, moldá-lo e transformá-lo. 

"Jesus, o redentor, conta com nossa ajuda para libertar o mundo das cadeias da dominação e injustiça.

1 comentários:

Pensamentos de Cristãos disse...

- Jesus é o nosso redentor \Õ/