12 de junho de 2013

Sendo Cristão, como devo passar o dia dos Namorados?


Chegou o dia 12/06, tão esperado por uns, tão frustrante para outros e talvez tão normais para alguns. Mas afinal, como esse dia se encaixa na nossa conduta cristã?



Procurei em toda a Bíblia um exemplo apenas de namoro, e para a infelicidade de alguns solteiros não encontrei, e estava pensando no que escrever nesse dia, ou mesmo falar ou não do dia dos namorados quando um amigo aqui do blog me indicou ouvir a mensagem do Paul Washer "O preço de se tornar um homem" e em especial o trecho em que ele responde a pergunta: Quando posso começar a namorar? e a partir daí me lembrei de alguns textos que já escrevi e sobre namorar que vamos conversar hoje.

Mas afinal o que é namoro?
Ao procurar o significado me asustei com a definição da Wikipédia de NAMORO, porque diz que é normal se envolver com uma pessoa sem ter "responsabilidades" para com a mesma, e que essa é uma prática antiga, mas se formos analisar a história o namoro de hoje seria correspondente à antiga corte, mas muito deturpado, porque a corte era um tempo em que se tinha compromisso com uma pessoa se ter absolutamente nenhum relacionamento com ela, e  que vemos nos tempos atuais? Relacionamento sem Compromisso..

Mas quando penso nisso, me lembro da palavra de Paulo aos Coríntios que nos diz: Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus" (1Co 10.31), não quero de maneira nenhuma criticar quem namora, mas quero que nossos pensamentos nessa hora sejam diretamente ligados as nossas verdadeiras motivações... Se faça uma pergunta: Por que motivo estou namorando? ou Por qual razão quero namorar? Se sua resposta for qualquer uma que reflita o caráter e a vontade de Deus, Parabéns permaneça assim, mas se não for é hora de mudar!!!

Vivemos em uma sociedade machucada emocionalmente por pessoas que quiseram se relacionar sem ter compromisso, e quantos jovens nos nossos dias não se empenham para fazer um relacionamento dar certo porque estão tão  machucadas que não se sentem capazes disso. Eu sei que Deus cura quem busca, mas e a minha responsabilidade como Cristão fica onde?

Nobre pensador, aproveite esse 12 de Junho, Solteiro, Namorando ou Casado, seja em qual estado civil você estiver, para rever o seu comportamento, as suas motivações e as pessoas que estão a sua volta, sei que essa parece ser uma mensagem dura, e diferente das anteriores, mas precisamos ser confrontados as vezes para crescermos, enquanto escrevia me lembrei de pessoas que já me magoaram um dia, mas também me lembrei de pessoas que eu já feri , e não senti orgulho nenhum em ter feito isso porque hoje sei que não o fiz para a Glória de Deus.

Que como Cristãos possamos buscar um compromisso antes de um relacionamento, e fazê-lo quando formos homens e mulheres de Deus, certos da vontade do Pai para as nossas vidas e passar os próximos dias dos namorados fazendo desse mais um dia para a Glória de Deus...


Para acessar o link da mensagem clique na imagem abaixo:


1 comentários:

Allan Penteado disse...

adorei o post, creio que muita gente namora sem estar preparada emocionalmente para isso e por isso há tantas pessoas que se sentem frustradas em suas relações e especialmente em casamentos! Adoro o blog!

jovemecristao.blogspot.com.br