9 de junho de 2011

Legalismo dos Cristãos é Pior que a cultura Islâmica

Salve galera. Em resposta a alguns comentários horripilantes e que me dão “vergonha” de ser cristão dessa forma, resolvi fazer mais um post em resposta ao post: “Música Secular”: É pecado ou não?




Os #CrentesChatos e bem legalistas que não entendem nada de bíblia e vivem por teorias do “Eu acho que”, eu pergunto: Você conhece a Deus de andar lado a lado ou só de ouvir falar nos domingos a noite?

O tema música secular é bem polêmico sim, mas antes de comentar algo, tenha argumentos que complementem o post, não venha com acusações como o Badie Humberto, que veio com agressões de palavras. Recomendaria ler Mateus 7.5, blz? Já estou acostumado com isso, alguns me chamam de herege, mas enquanto EU estiver de consciência tranqüila com Deus, opiniões de pessoas “fúteis” e legalistas não me atingem. E, não é específico a você Badie Humberto e sim a todos os #crenteschatos que não entendem de Bíblia e vida com Deus.
E em relação às histórias do Badie Humberto, desculpa mano, mas se ambos foram acusados pelo Diabo na “evangelização” significa não terem vida com Deus, pois Romanos 8.1 diz que nenhuma acusação há para aqueles que estão em Cristo.

Mas voltando ao assunto de música secular, esse mesmo tema terá 3 vertentes do assunto que são: Ouvir música secular NÃO é pecado (depende da música também), O tempo dedicado a ouvir essa música secular e a Influência que essa música me trás.


Vou falar brevemente sobre os outros dois temas:

O tempo dedicado a ouvir a música secular pode corromper seus bons costumes sim. Se o tempo dedicado a ouvir somente essa música secular é obvio que sua carne pode ser fortalecida. Mas antes de tudo, o que é música secular? Só porque a música não fala de Deus? Pior do que “música secular” são as músicas gospelficadas pra chamar a atenção da “Igreja”. O que uma música como “Sabor de Mel” e “Restitui” me acrescenta na vida? Isso não me edifica em nada.

1º Porque a vitória na cruz não teve nenhum sabor de mel, pelo contrário, foi bem sofrida com derramar de sangue.
2º Restituir por quê? A cruz não foi o suficiente? Jó quando perdeu TUDO não ficou cantando: Restitui, EU quero de volta o que é meu.

Isso não é o evangelho de Jesus, músicas que enfatizam o EU é um tapa na cara de Jesus. A cruz é onde TODOS deveriam estar.

Ouvir a "música secular" em si, não é pecado, não é errado. Dizer isso é ser muito Ignorante eu diria. Pois O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem (Mt 15.11). 
E pra fecharmos o assunto, o pecado de ouvir a "música secular" se originará ao tempo dedicado a mesma (quando isso tira sua comunhão com Deus), o seu testemunho e a sua conduta em relação às músicas ouvidas. Acredito que cada qual, saiba até onde vai sua liberdade em Cristo. Apenas não seja pedra de tropeço na vida de alguém.

O que essa “música secular” pode me influenciar é o tipo de música que você ouve. Ao citarem a música do Luan Santana que amar não é pecado da pra se ouvir, EU DIGO que não é música a ser ouvida. Você sabe o que significa Amor e Amar? Analisemos:

“Amar não é pecado e se EU tiver errado que se DANE O MUNDO” – Isso é Amor? Acredito que não.
O verdadeiro amor coloca as necessidades dos outros antes das suas próprias. É fazer do seu problema, meu. É dar sem garantias de receber algo em retribuição. É dar aos outros o que precisam e não o que merecem. Apesar de o amor ser capaz de despertar intensas emoções, o amor não é um sentimento apenas; ele é uma escolha, uma ação, um comportamento, um compromisso. Amar é sacrificar-se pelos outros”. Amar é o que Jesus fez na Cruz, morrendo por mim e por você, sem merecermos.
E ao perguntarem: Jesus ouviria música secular? Eu digo que sim, lembre-se que ELE andava com pecadores, comia com pecadores, abraçava pecadores e curava pecadores. Porém nunca se deixou influenciar. Cabe a você não se influenciar pelas músicas que você ouve, mas não seja hipócrita ao dizer que música do mundo não presta. Ouça algumas músicas do Lenine, por exemplo.
Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência
O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós

Um pouco mais de paciência
Será que é tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (Tão rara) Será que é tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (tão rara)

Lenine – Paciência

Ou então algumas músicas do Legião Urbana

Quando o sol bater
Na janela do teu quarto
Lembra e vê
Que o caminho é um só.

Por que esperar se podemos começar tudo de novo
Agora mesmo
A humanidade é desumana
Mas ainda temos chance
O sol nasce pra todos
Só não sabe quem não quer.
Até bem pouco tempo atrás
Poderíamos mudar o mundo
Quem roubou nossa coragem?
Tudo é dor
E toda dor vem do desejo
De não sentirmos dor.

Reflitam apenas nessas duas músicas “seculares” e analisem a letra delas. Eu sinto Deus falar mais comigo do que as músicas “Sabor de Mel e Restitui”

Será que nós temos paciência com o nosso amigo não convertido e perseveramos em oração? Será que temos a Paciência de Esperar em Deus? O mundo espera de nós “cristãos” a mudança, mas temos mudado o mundo de fato?
Será que acreditamos que podemos mudar o mundo mesmo com essa humanidade desumana? O sol nasce pra todos, tanto pra justos como injustos, e Salomão diz isso em Eclesiastes. E tem muito crente que deseja (coloque o que você quiser aqui) para o próximo.
E pra fecharmos:
“Ouvir música “gospeis” não faz de você um Santo”
Vamos analisar o que Paulo diz em Coríntios: “Vede, porém, que esta vossa liberdade não venha, de algum modo, a ser tropeço para os fracos.” (1Co 8. 9). 
“E, por isso, se a comida serve de escândalo a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que não venha a escandalizá-lo.” (1Co 8. 13)
Paulo nos mostra o bom uso da liberdade cristã como algo essencial. E nos afirma que essa nossa liberdade deve nos levar a rejeitar, se necessário, os nosso direitos mais dignos e básicos, quando se trata do crescimento do próximo.
Mas o que tem acontecido nos nossos dias, é uma grande maioria de egoístas querendo exercer seus direitos, sem pensar nos deveres.  Sem pensar ao menos, no pequenino na fé. E isso leva ao um confronto com Cristo, deixando de lado seu exemplo. 
Se a música secular é pecado, não veja filmes seculares, não estude em colégio secular, não compre roupas em lojas seculares, não como comida de pessoas seculares, não assista programas de Tv seculares. Enfim, viva em um "mundo gospel"
Por Favor, comentários que não acrescentem em nada, EU vou apagar. Comente com moderação.


 

12 comentários:

Gustavo Woerner disse...

Primeiramente, Baita texto! embasamento bíblico perfeito.

E complemento ainda mais no final, quando tu fala sobre "alimentos seculares". Item básico, Hellmann's, o que quer dizer? Homens do Inferno! Olha ´so, você come maionese hellmanns?? TA PECANDO!
... Pelamor né gente. Se for assim temos que tomar cuidado com desenhos infantis, marcas como coca-cola, celebridades, filmes de 'dupla identidade'. Básico é que “Não deixe que o mundo encaixe você no molde dele”. Romanos 12.2.

Dicernimento é a palavra chave: saiba o que é errado e o que é certo! Não fale sobre um assunto se você não conhece, isso é ser herege!

Paz! @GustavoWoerner

Clemerson Barbosa disse...

Quero deixar aqui um texto de uma entrevista com o Fernandinho, grande homem de Deus!

Super Gospel – Qual é sua opinião sobre música secular. Você ouve? Aprova um cristão ou até mesmo um ministro de louvor de ouvir?

Fernandinho – Não ouço, não aprovo e acho vergonhoso o cristão que diz que esse tipo de música serve como referencia ou como influência. A excelência no tanger tem que ser direcionada para Deus e não para os homens, porque se música bonita e bem arranjada mudasse a vida de alguém, a nossa sociedade não estaria no caos que está. Os mundanos têm acesso a musicas “boas”, mas não conseguem mudar o seu comportamento. A nossa proposta é tocar o coração de Deus, que automaticamente resultará em tocar o coração dos homens. Não posso tocar o coração de Deus com aquilo que é profano. Não estou falando que devemos estar desprovidos de técnica, pelo contrário, temos sempre que fazer o melhor. Creio que os nossos músicos e a nossa musica é infinitamente melhor que a secular, porque temos menos recursos que eles e ainda assim conseguimos tirar água da pedra. A Bíblia diz que tudo que é de boa fama e existe louvor, nisso devemos pensar. A música secular não tem nem louvor nem boa fama. O meu Jesus não é bem-vindo no meio da música secular. Às vezes é até escarnecido por alguns. Se Ele não é bem-vindo, eu, como filho dele, também não sou. A nossa música é apenas um detalhe, o que verdadeiramente vai trazer impacto na sociedade é a nossa vida.

Fayson Merege disse...

Mano, são opniões!
Agora me responde, qual a TUA opnião sobre isso?
Até quando você vai se esconder atrás de alguém?

O que importa é a salvação de cada um. E para isso, cada um deve estar ciente sobre suas ações aqui nessa Terra.

Respeito a opnião do Fernandinho, mas discordo de alguns pontos.

Gustavo Woerner disse...

interessante! Agora tu me da o teu ponto de vista sobre isso que tu escreveu Clemerson. Fernandinho é um baita de um cantor, não duvido! Mas o que ele fala é pessoal, e o que ele toma como base na Bíblia, ta fora do contexto.

1° Fala sobre técnica e recursos. Isso não é desculpa. O show dele, tanto no instrumental quanto pirotecnia e tudo mais, foi muito melhor que muitos outros. E o mercado de Cd's gospel ta crescendo mais do que qualquer outro 'estilo musical'.
2°Como ele pode dizer que musica secular nã tem boa fama? Muito 'louvor' por aí tem pior fama do que música secular, contando que NÃO EXISTE MUSICA GOSPEL, existe cristão fazendo música. A opinião sobre música secular é dele, respeito. Mas a visão de mundo dele é totalmente desfocada e preconceituosa, jogando tudo no mesmo balaio e dizendo: "Isso é pecado, aquilo não é e pronto"!

Discernimento é Bíblico cara, Deus só generaliza no Amor com TODOS!

Paz! @GustavoWoerner

Gustavo Woerner disse...

Entrevista Rede Ativa:

"GAT - Vocês acham que ouvir música secular pode atrapalhar um cristão e um ministro de louvor? Vocês ouvem música secular???

Rede Ativa - Hoje em dia, o assunto "musica secular", juntamente com os assuntos "piercing" e "tatuagem", são os assuntos mais delicados de se opinar. Por sermos referências, dependendo do que dissermos, poderemos colocar pessoas contra seus próprios pastores. Conhecemos pastores que são contra essas práticas, mas também conhecemos outros pastores que apoiam essas práticas. Sendo assim, a nossa opinião é que você obedeça ao "seu pastor". A opinião dele é maior do que qualquer outra"
___________________________________________

"Entrevista Helena Tannure vocalista do Ministério de Louvor Diante do Trono.

Qual o tipo de musica tu gosta?
Gosto de todo tipo de música, o que determina o que ouço é o momento que eu estou vivendo.Quanto a escutar música secular não acho que seja pecado. A bíblia não diz que escutar música que não foi composta por cristãos é pecado.Infelizmente existem muitos “cristãos” cantando em nome de Deus mas o coração está totalmente distante da Sua vontade, sendo movido por motivações tortas e ganância…isso sim é pecado.Porém o Senhor nos convida:”Sede santos pois Eu sou santo.”Santo é separado,consagrado e se desejamos nos santificar isso inclui abrir mão de algumas coisas das quais gostamos para experimentar mais comunhão e conexão com o Senhor e com a Sua vontade pra nós.Lembrem-se” Quem quiser vir após mim NEGUE-SE a si mesmo.Devemos encher nossos olhos e ouvidos com aquilo que pode nos tornar mais parecidos com o nosso mestre.”Todas as coisas me são lícitas mas nem todas me convém….""

"Entrevista Jorge Camargo

Como dizia o Tom Jobim, só há dois tipos de música: a boa e a ruim. O fato de se fazer música religiosa não garante que ela seja boa. Há música religiosa ruim, como há música secular boa. Quanto ao panorama musical atual, vivemos algo semelhante ao que acontece na música popular: um hiato, uma carência de renovação a altura de nossa história e herança artística."

Entrevista Aline Barros

"A pesquisa em busca do que está sendo produzido na “música secular”, como chama artistas que não são do universo gospel, perturba alguns. “É complicado citar nomes de bandas e cantoras. Acabo criando polêmica. Tem gente [do meio gospel] que não acha legal. Há pessoas que não aceitam ouvir música secular”, explica."

Posso dar mais exemplos!

Hermes Silva disse...

Tem pessoas que falam que não escultam musicas seculares, por causa disso e daquilo. Mais quando passa na televisão ou na rua no rádio seja lá o que for, a musica que ela cantava e dança, o abençoado é o primeiro a abrir o bocão.

"se isso implica em sua salvação não faça"

Clemerson Barbosa disse...

Amados se eu coloquei o depô do Fernandinho é sinal que é isso que concordo, cada um tem sua visão com relação a sua intimidade com Deus e em momento algum quero recriminar a de ninguém aqui blza manos rsrsrs

Só que eu procuro me espelhar em referenciais aqui nessa terra, assim como Paulo falou para nos espelharmos nele como ele se espelhava em Cristo! Meu amor maior, fonte de vida e inspiração pra tudo é o Senhor Jesus, depois dEle são homens e mulheres de Deus que Ele deixou aqui nessa Terra...
É daí que entra minha opinião, música é música, não existe gospel ou mundanda, o problema é que eu como Filho de Deus não vou deixar que qualquer tipo de pessoa ministre sobre a minha vida, até mesmo certos cantores em-vão-gélicos, quanto mais aqueles que não têem intimidade alguma com Deus, daí entra o que o Fernandinho falou: "Os mundanos têm acesso a musicas “boas”, mas não conseguem mudar o seu comportamento." - O Renato Russo é um exemplo cantou tão belas canções e qual foi a exemplo que ele nos deixou????!

Este é o meu pensamento... Se você chega para cantar uma música que fale de Deus para os cantores seculares vc não é bem vindo! Um exemplo que a música secular tá tão impreguinada em alguns "cristãos" é que tem até cantor do mundo que vai começar a gravar música pra crente kkkkkkkk Isso pq eles sabem que tem quem receba o "louvor" deles.

Pra terminar enfatizo uma parte que o fernandinho disse:
O meu Jesus não é bem-vindo no meio da música secular. Às vezes é até escarnecido por alguns. Se Ele não é bem-vindo, eu, como filho dele, também não sou. A nossa música é apenas um detalhe, o que verdadeiramente vai trazer impacto na sociedade é a nossa vida.

Essa é minha opnião agora quem gosta de escutar tais músicas ai é de cada um, no último dia agente vê a verdade rsrsrsr

Abraços manos!

Gustavo Woerner disse...

Ok, entendo perfeitamente! Agora eu te pergunto: O ladrão que Cristou salvou enquanto os dois eram crucificados, teve um bom exemplo de vida??

Não podemos julgar alguém se não o reconhecemos. Arrependimento de verdade é o que conta. Se foi no final da vida ou no começo nao importa, mas sim se o arrependimento foi antes da volta de Cristo. E Como tu falou, no dia do juízo final nós veremos a verdade, e as surpresas vão ser boas.

E ressaltando, Música secular não é pecado, é definição humana, assim como a música Gospel!

gstv disse...

A partir do momento que você divide as coisas em sacras e profanas, você diminui a graça de Deus, pois afirma que Deus não pode agir por determinada pessoa ou ferramenta simplesmente porque você disse que ela é profana.

Se Deus usou um burrinho pra mudar o caminha de Balaão, porque não pode usar um funk pornográfico pra tirar a pessoa de um mau caminho? Deus é muito maior do que possamos imaginar, se colocamos ele dentro de determinada forma, estamos diminuindo seu poder, caindo no papo do diabo, e, aos poucos, calando a voz do Espírito Santo.

Estejam atentos! É isso que devemos falar quando se fala de cultura, seja ela gospel, evangélica, católica, mundana, profana ou o que for.

Carolina disse...

Uma coisa que me preocupou muito nesse seu post foi quando você falou sobre musicas como Sabor de Mel e Restitui. O que eles acrescentam na sua vida? Eles nao tem que acrescentar nada. Louvores são feitos para engrandecer o nome de Jesus. E a partir do momento que você passa uma luta muito grande e a sua vitória tem sabor de mel, essa vitória vem do trono de Deus.
Deus usa pessoas de formas diferentes, os que são usados nos louvores são usados de formas diferentes com base nas experiências diferentes que cada um teve com o Senhor.
Vocês lembram muito que Jesus morreu na cruz. CLARO, foi uma morte terrivel e que nós é quem mereciamos estar alí. Mas esquecem que ele VIVE e que quer TODA a nossa adoração. 24h por dia

Agora quanto a musica secular, muito me surpreendi ao ver a posição de vocês, pois eu penso que não é possível servir a 2 deuses. Todos sabem que a Bíblia diz isso. Então a partir do momento que vc nao está louvando a Deus, a quem voce está adorando?
Ou você está 100% com Deus ou não meu irmão. Ele nao quer voce só uma parte do dia. E tenho certeza que nos momentos mais dificeis nao é a musica do Zezé de Camargo que vai te ajudar a adorar ao Senhor.

Eu gostei muito desse blog. Mas estou surpresa que existam crentes que veem que a gente nao precisa adorar a Deus a todo o instante. Fico triste, de verdade!

A Paz do Senhor!

Anônimo disse...

"ninguem dispreze a tua mocidade; pelo contrario,para os que crêem sejam exemplo na conversa, na conduta, no amor,e na Fe e na Puresa." 1 Tm 4.12

Anônimo disse...

Olá, só uma coisa que reparei nos artigos. Vocês poderiam ter uma padrão em relação a fonte e o tamanho. Fica bem melhor pra se ler e fica mais bonito tbm.